sei que todas as lágrimas que deito são em vão, não é por caírem que tu vais voltar, não é por elas que vais ter saudades minhas.

custa-me mesmo muito, não teres noção do quanto realmente és especial para mim, não teres noção do desprezo que me dás, não tens noção das coisas mais insignificantes que possam ser para ti, são para mim importantes, não tens noção de quase nada.
as minhas lágrimas são a prova viva do que sinto por ti, da falta que me fazes. amo-te a todos os milésimos, a todos os segundos, a todos os minutos, a todas as horas, a todos os dias, a todos os anos, a todo o momento. 
se amar é ter saudades tuas, então eu amo-te. se amar é desistir de tudo para estar contigo, então eu amo-te. se amar é ter-te como último pensamento da minha noite e primeira lembrança do meu dia, então eu amo-te. se amar é não te tirar da minha cabeça, então eu amo-te. amo-te por tudo e por nada, tenho saudades de quando éramos apenas um nós.

1 comentário:

Catarina. disse...

gostei, sigo ^^

segues tmb? $: